Aprenda a Ler Rótulos Alimentares

/
/
Aprenda a Ler Rótulos Alimentares

Sem dúvida os rótulos alimentares são verdadeiros aliados na hora de escolher alimentos industrializados.

A realidade é essa: todo mundo sabe que esse tipo de alimento não é o mais saudável para manter a dieta em dia e o corpo funcionando na sua melhor capacidade.

Mas a vida é corrida e os alimentos industrializados estão em todos os lugares. Logo é inevitável que em algum momento de seu dia, em alguma circunstância da sua vida você tenha que recorrer a uma barrinha de cereal, um biscoito, iogurte, enfim, qualquer coisa tragável o suficiente para te manter de pé.

Ter que se render ao industrializado não é pecado, desde que não seja uma constante e você faça escolhas conscientes. Que tipo de escolha consciente? Aquela que não “zoe” muito o seu corpo.

Para fazer as melhores escolhas você precisa saber quais são os nutrientes mais importantes, as substâncias mais nocivas e saber ler rótulos alimentares.


O artigo dessa semana será focado nisso: como ler rótulos alimentares para identificar os alimentos mais nutritivos, ou menos agressivos, para a nossa dieta.

Bora lá aprender?

Leia os próximos tópicos!

Saiba como ler rótulos alimentares para evitar “bombas” calóricas

Os rótulos alimentares são campos específicos das embalagens dos produtos que contém informações nutricionais e dos ingredientes usados no preparo.

São nos rótulos que visualizamos dados como gorduras totais, calorias, lactose, soja, glúten e outros ingredientes alergênicos. Aliás, esse é outro aspecto importante sobre saber ler rótulos alimentares.

Você pode ser alérgico a determinado ingrediente e pode ocorrer de ficar na dúvida se tal alimento tem ou não tem a sua kryptonita. Nesse caso, o rótulo será seu recurso de segurança.

Informações nutricionais

Geralmente, os rótulos alimentares veem com um campo chamado “Informação nutricional”. Fica em uma tabela que lista uma série de dados sobre o produto.

Porção

Campo dos rótulos alimentares que se informa a quantidade de porção usada de cada nutriente que consta na tabela nutricional.

É obrigatório que as porções dos ingredientes sejam informadas em gramas ou em ml. A porção influencia na quantidade de calorias de cada alimento e dos outros nutrientes que o compõem.

Fique esperta: a tabela nutricional de alguns rótulos alimentares indica por porção ou a cada 100 gramas os nutrientes do produto. Isso significa que alguns produtos que destacam ter “apenas 50 calorias” estão se referindo a porção. Ou seja, as 50 calorias se referem à porção de 100 gramas e não o pacote inteiro.

Exemplificando: se o produto tiver 300 g você estará consumindo 150 calorias.

Fonte de energia: carboidratos

Um adulto saudável deve ingerir 300 carboidratos por dia. Essa é a recomendação diária. Diante dessa informação, ao consultar esse dado no rótulo perceberá de cara se o alimento é muito ou pouco calórico.

Vale destacar que os carboidratos estão presentes em abundância em doces, mel, arroz, batata, pão, inhame e aipim, para citar alguns.

Calorias: energia dos carboidratos

Recomenda-se a um adulto consumir por dia até 2 mil calorias. As calorias são a quantidade de energia fornecida pelos carboidratos, gorduras e proteínas. O cálculo é que para cada grama de carboidrato se consuma 4 calorias.

Portanto, dá para fazer uma rápida conta ao ter conhecimento do total de carboidratos do produto. Mas essa informação também vem destacada nos rótulos alimentares.

Esse dado é apresentado em quilocalorias e quilojoules (Kcal e Kj, respectivamente).

%VD: porcentagem do total por dia

Esse símbolo em rótulos alimentares indica quanto, em porcentagem, uma porção contém do total que devemos consumir por dia. Por exemplo, a coluna desse símbolo costuma ficar logo ao lado da coluna de porção. Configuração que pode apresentar os seguintes dados:

25 kcal = 1%.

Isso significa que a porção desse alimento contém 25 calorias. Número que representa 1% do total recomendando a ser ingerido por dia.

Proteínas: desenvolvimento e manutenção

Verificar a quantidade de proteínas nos rótulos alimentares é importante porque elas são um ótimo indicativo da qualidade nutricional do que se irá consumir.

As proteínas são responsáveis pelo desenvolvimento e preservação de órgãos vitais para o nosso organismo, como coração e pulmão, além de ajudar na produção de hormônios.

O total recomendado de proteínas a ser consumidas por um adulto em um dia é de 75 gramas.

Gorduras trans: perigo a se evitar

Largamente encontrada em produtos industrializados, a gordura trans é nociva por contribuir para o desenvolvimento de doenças cardíacas e câncer.

Médicos nutricionistas indicam que um adulto consuma apenas 2 gramas de gordura trans por dia.

Portanto, ao ver rótulos alimentares saiba que quanto menor a gordura trans, melhor a qualidade nutricional do alimento.

Gorduras saturadas: cuidado com o consumo em excesso

Tipo de gordura encontrada mais em alimentos de origem animal, como ovos, frango, manteiga, peixe, carne, enfim, tem pena e pata? Tem gordura saturada.

Essa gordura pode virar um problema se consumida em excesso, pois pode elevar as alturas os níveis de colesterol e provocar doenças como obesidade, diabetes, entre outras.

O máximo recomendado a ser consumido por dia por um adulto saudável é de 22 gramas.

Gorduras totais: fonte de energia e aglutinadora de vitaminas

Gordura que pode ser encontrada tanto em alimentos de origem animal, como vegetal. Se trata da junção desses dois tipos de gordura. Elas representam uma ótima fonte de energia para o corpo e auxilia na absorção de diversas vitaminas importantes para o organismo.

Recomenda-se consumo de 55 gramas por dia para um adulto.

Sódio: cuidado com a pressão alta

Outro item que recebe destaque nos rótulos é o sódio. Muito presente em produtos industrializados como biscoitos, enlatados e molhos prontos. O consumo excessivo pode causar osteoporose, sobrecarregar os rins e aumentar a pressão.

Para evitar problemas, saiba que se orienta para um adulto consumir não mais que 2400 mg diários.

Ingredientes

Separado da tabela nutricional, fica a lista de nutrientes nos rótulos alimentares.

Essa lista aponta todos os componentes usados para o preparo do alimento.

Gostou deste conteúdo sobre rótulos alimentares? Espero que tenha ajudado. Se sim, miga, peço o seu like, aquela compartilhada gostosa ou um comentário esperto para avaliar o meu job. A sua participação conta muito e faz a diferença. Até a próxima. Beijinho.

Deixe um comentário

Comentários

Nenhum comentário para mostrar.

Instagram

Arquivos